Workshop SLOW DESIGN THINKING – 19 + 20 Março 2018

Header_Slow Design Thinking

Enquadramento

Na última década o termo Design Thinking (DT), ganhou popularidade nas organizações, transformando-se numa referência para a consciencialização de que muitos profissionais podem beneficiar com a forma de pensar e trabalhar dos designers. O Design Thinking é hoje um dos principais tópicos na Gestão, na Inovação, na Engenharia e na Educação. A forma como o designer percepciona e interpreta objetos e situações, criando novas abordagens e soluções, abre novos caminhos para a inovação empresarial. Por esta razão, a metodologia do Design Thinking está a ser adotada por grandes empresas como mais uma ferramenta para o executivo. Através de um processo de Slow Design Thinking, os participantes desta formação vão aprender diferentes técnicas para desenvolver, numa dinâmica slow, soluções inovadoras para um produto ou serviço da Biblioteca Almeida Garrett. Usamos o termo Slow para expressar que neste workshop o processo do Design Thinking será conduzido de forma que os participantes tenham suficiente tempo para explorar, experimentar e reflectir as técnicas usadas.

Objetivos

– Sensibilizar para a importância do Design Thinking nas empresas.
– Familiarização com os conceitos de Design Thinking e Service Design Thinking.
– Melhor compreensão das etapas de um processo criativo sistematizado.
– Praticar o processo de criação coletiva na área da Inovação de Serviços.
– Experimentar algumas técnicas do Design Thinking.
– Aumentar a motivação para a produção de novidade em geral.

Mais informações sobre o program e as inscrições em www.apgei.pt

 

Workshop DESIGN DRIVEN INNOVATION (3ª Edição ) | Porto, 21 de Fevereiro de 2018

DDi_headerENQUADRAMENTO

O Design tem sido desde sempre o motor para a inovação e é considerado cada vez mais um elemento estratégico das empresas. Estudos do Boston Consulting Goup (2006) evidenciaram que empresas inovadoras, com capacidade de innovation-to-cash, consideram o design como um dos principais instrumentos para alcançar a inovação. Nos últimos 10 anos, métodos como Design Thinking, Service Design, Visual Thinking ou Cross Industry Innovation ganharam popularidade nas organizações, transformando-se numa referência para a consciencialização de que o sistema de conhecimentos e competências do design se torna útil nas atividades organizacionais de forma abrangente.

Neste workshop serão introduzidos conceitos e diferentes abordagens do Design-Driven Innovation. Os participantes terão a oportunidade de experimentar alguns dos métodos associados em exercícios práticos. Pretende-se mostrar como os gestores podem beneficiar com a forma de pensar e trabalhar dos designers.


DATA E HORÁRIO

21 de Fevereiro de 2018  •  09h00 – 13h00 | 14h00 – 18h00

Mais informações e Inscrições em www.apgei.pt 

 

article – Why a Logbook? A backpack journey as a metaphor for product design education

Design For Next Education

Why a Logbook? A backpack journey as a metaphor for product design education

 link to the original article © 2017 The Author(s).
Published online: 06 Sep 2017

Recent literature suggests that the development of cognitive skills should constitute explicit learning objectives in design education. The work describes an educational intervention designed with the intention of promoting the creative and critical thinking performance of a group of Portuguese design students. To this end, creativity and critical thinking tests, pre and post intervention, were applied to the experimental group and to a control group. The intervention was based on two fundamental theoretical assumptions: (1) students’ thinking skills can be promoted by the introduction of Design Thinking as a learning content, and (2) this work should be complemented by the promotion of students’ metacognitive reflection. Comparing the learning process, by analogy, with a backpack journey, a Logbook concept as an educational tool to potentially promote students’ self-reflection was developed. Compared with the control group, results indicate a positive evolution of creative thinking skills in the experimental group.

Katja Tschimmel na Noite dos Investigadores

“Territórios inteligentes e sustentáveis”

no Centro de Desportos e Congressos – Matosinhos

No âmbito da Noite Europeia dos Investigadores, a realizar em Matosinhos, no dia 29 de setembro, a conferência “Territórios inteligentes e sustentáveis”, onde se debatem as principais temáticas da inovação orientada para o desenvolvimento de cidades sustentáveis, promovendo a competitividade e a inovação da região.

Programa
17:30 – 17:45
Diversificação especializada e crescimento sustentável

Fernando Freire de Sousa – CCDR-N*
*em atualização

17:45 – 18:45
Design Thinking

Mesa-redonda
Katja Tschimmel – ESAD

Ricardo Morais – UCP
Nuno Abrantes – Novabase
Teresa Franqueira – ID+

Moderação A confirmar

18:45 Coffee Break

19:00 – 20:00
Mar e Sustentabilidade
Mesa-redonda
António Vidigal- EDP Inovação
Ana Brito e Melo – WavEC
Vitor Vasconcelos – CIIMAR
Fausto Brito e Abreu – D.Geral de Política do Mar

Moderação Cluster “Fórum Oceano”
*em atualização

20:00 – 20:30 – Porto de Honra

Conferência

unnamed (1)

Workshop DESIGN DRIVEN INNOVATION (2ª Edição ) | Porto, 27 de Setembro

ENQUADRAMENTO
Design tem sido desde sempre o motor para a inovação e é considerado cada vez mais um elemento estratégico das empresas. Estudos do Boston Consulting Goup (2006) evidenciaram que empresas inovadoras, com capacidade de innovation-to-cash, consideram o design como um dos principais instrumentos para alcançar a inovação. Nos últimos 10 anos, métodos como Design ThinkingService DesignVisual Thinking ou Cross Industry Innovation ganharam popularidade nas organizações, transformando-se numa referência para a consciencialização de que o sistema de conhecimentos e competências do design se torna útil nas atividades organizacionais de forma abrangente.

Neste workshop serão introduzidos conceitos e diferentes abordagens do Design-Driven Innovation. Os participantes terão a oportunidade de experimentar alguns dos métodos associados em exercícios práticos. Pretende-se mostrar como os gestores podem beneficiar com a forma de pensar e trabalhar dos designers.

OBJETIVOS
– Sensibilizar para a importância do Design nos processos de inovação.
– Introduzir o conceito de Design-Driven Innovation, nas suas versões distintas.
– Diferenciar entre co-design e design de autor.
– Experimentar na prática alguns dos métodos introduzidos.
– Praticar o processo de criação coletiva.
– Desenvolver um mindset que potencia a inovação.

DESTINATÁRIOS
Quadros Superiores de todas as áreas de conhecimento, que pretendam diferenciar-se através de um mindset potenciador à inovação: diretores de departamentos de inovação, gestores de projeto, marketeers, engenheiros, etc.

METODOLOGIA
Nas atividades do workshop utiliza-se uma metodologia participativa para facilitar a aquisição do conhecimento e a discussão crítica das várias abordagens associadas à Design-Driven Innovation. Serão apresentados e experimentados vários métodos, com diferentes focos e processos, mas todos à volta da mesma temática global, definida no início do workshop. Para além da apresentação de um Caso de Estudo, todos os métodos serão contextualizados com histórias do universo empresarial português.

Os exercícios do workshop serão registados fotograficamente, para a realização de um documento final (visual report) que recorde aos participantes os métodos que experimentaram no workshop.

PROGRAMA
0. Design-Driven Warm-Up

 1. Introdução teórica ao conceito de Design-Driven Innovation
– Conventional mode versus Design mode.
– Diferenciação entre Market Pull, Technology-Push e Design-Driven Innovation.
– Diferenciação entre creativity baseduser centredresearch based e sense makin Design. Introdução a diferentes frameworks e técnicas.
– Métodos de colaboração interdisciplinar versus cultura pessoal do designer/gestor.

 2. Frameworks e técnicas Design-Driven
– Creative Problem Solving:  Brainwriting e Relações Forçadas.
– Service Design Thinking: Apresentação do User Journey Map
– Visual Thinking meets Storytelling no Storyboard.
– Cross Industry Innovation: Exemplos e exercício. 

3. As técnicas de Design-Driven na prática
– Aplicação de User Journey Map, Brainstorming, Cross Industry, Storytelling e Storyboarding num processo seguido de colaboração.

4. Estratégias de implementação da Design-Driven Innovation
– Case Study: Do Design Thinking à Design-Driven Innovation
– Características de uma atitude de design.
– Criação de um Design-Driven Lab e o papel dos gestores 

5. Design-Driven Close-Up 

FORMADORA
Katja Tschimmel
Trabalha em dois universos, o empresarial (MINDSHAKE – Consultoria e Formação em Pensamento Criativo e Design) e o académico (Porto Business School, ESAD Matosinhos e Laurea University). Licenciada e doutorada em Design e com um Mestrado em Criatividade Aplicada, investiga as áreas de Pensamento Criativo, Design Thinking, Processos Criativos e Inovação há mais de que 20 anos. Apresenta o seu trabalho em conferências nacionais e internacionais, tendo sido keynote speaker em numerosos eventos. É autora do livro Processos Criativos (2011) e do Modelo de Design Thinking Evolution 62, licenciado em Creative Commons (2015). Como formadora tem uma vasta experiência na conceção e realização de cursos e workshops relacionados com a Criatividade e a Inovação, Processos Criativos nas Organizações, Técnicas do Pensamento Criativo e (Service) Design Thinking. Acredita que a consciencialização dos fatores que incentivam a criatividade contribui para uma maior eficácia nos processos de inovação das empresas.

DATA E HORÁRIO
27 de Setembro de 2017  •  09h00 – 13h00 | 14h00 – 18h00 

INSCRIÇÕES
Associados 470 Euros
Não Associados 590 Euros
Inscrições on-line em www.apgei.pt ou através do e-mail [email protected]  

Os valores mencionados estão isentos de IVA.
Estes preços incluem: café, documentação e almoço.
A participação no workshop só será válida após boa cobrança.

O número de inscrições é limitado.
PAGAMENTOS E CANCELAMENTOS 

Por cheque: à ordem da APGEI.
Por transferência bancária para o NIB: 0010 0000 15380860004 91 (Banco BPI)

Qualquer desistência deverá ser comunicada por carta ou e-mail para a APGEI, até 2 dias úteis antes da realização do Workshop, após o que não haverá lugar a reembolso.

INFORMAÇÕES
APGEI
Rua de Salazares, 842 • 4149-002 Porto
Tel. +351 225 322 068
[email protected] • www.apgei.pt