Unveiling the ReEVOLUTIØN 6 Model: Navigating Circular Excellence

___________
EN

At Mindshake, innovation is at the heart of our mission. We constantly seek fresh perspectives and methodologies to offer our clients cutting-edge solutions for contemporary challenges in companies, organizations, and society at large. Today, we are thrilled to unveil our latest stride in this journey – the ReEVOLUTIØN 6 (ReEV6) model.

The ReEV6 Model: An Evolution of Circular Thinking

The ReEV6 model is not just an evolution; it’s a refined iteration that encapsulates the essence of circular economy principles. Building upon its predecessor, the Evolution 6 model, ReEV6 signifies a subtle yet impactful shift. The name itself, “ReEVOLUTIØN,” pays homage to the 9 R’s of the circular economy, symbolizing our commitment to sustainable resource management.

Six Phases, Subtle Refinements

Retaining the fundamental structure of six phases, the ReEV6 model brings a semantic refinement to each stage of the creative journey:

  1. Emergence: Identifying opportunities or challenges sets the stage for the activities ahead.
  2. Empathy: Focused on understanding the context deeply, this phase places empathy at the forefront of problem-solving.
  3. Exploration: This phase centers on dynamic idea generation, fostering a creative and exploratory approach.
  4. Elaboration: This phase involves prototyping, testing, and development – a practical evolution of ideas into concepts.
  5. Exposition: Aligned with the Circular concept, this phase emphasizes effective communication and persuasion in project presentation.
  6. Execution: This phase stands for the implementation and continuous improvement of Circular solutions.

Visual Redesign: A Palette of Pastels

Beyond conceptual evolution, the ReEV6 model introduces a visual redesign. Departing from the Evolution 6’s aesthetic, ReEV6 adopts a palette of pastel colors. Dotted areas strategically integrated between phases accentuate the permeability and iterative nature inherent in the creative process. This design choice visually emphasizes fluid transitions and interconnectedness, highlighting the significance of iteration and adaptability.

Strategies for Sustainable Practices

The name “ReEVOLUTIØN 6” goes beyond labeling; it represents a strategic insight aligned with our broader objective of promoting circular economy projects. Eleven pivotal strategies, corresponding to each letter in the model’s name, guide the development of sustainable practices:

  1. RETHINK Business Model
  2. efficient Use of Resources
  3. EMOTIONAL Connection
  4. VIRTUALISATION
  5. OPTIMISATION
  6. LOOP
  7. USE LONGER
  8. TRANSFORM by Design
  9. IN PLACE
  10. Ø WASTE
  11. NETWORK

A comprehensive Circular Strategies Card Game

In tandem with the ReEVOLUTIØN 6 model, we’ve developed a dynamic card game offering a practical and engaging exploration of Circular Economy. The game consists of three categories:

  1. Strategies Cards (11 cards): Educational tools elucidating foundational strategies crucial for fostering circular initiatives.
  2. Action Cards (52 cards): Specific actions organizations can undertake to infuse circularity into their practices, projects, and initiatives.
  3. Poker Cards (5 cards): Introducing a unique dimension to the game, prompting players to consider diverse angles in their circular decision-making.

Transforming Concepts into Action

This curated Circular Strategies Card Game transforms abstract concepts of circularity into tangible actions and perspectives. As an interactive and educational tool, it seamlessly aligns with the goals of the ReEV6 model, designed to be used in consulting and training.

Crafting ReEVOLUTIØN

The genesis of the ReEVOLUTIØN 6 model unfolded through a meticulous application of the Design Thinking Method, a process we’ve honed and embraced at Mindshake. In this journey, we navigated the vast landscape of concepts and stakeholders, visualizing opportunities with the precision needed for innovation. The visual finesse of the model underwent several iterations, guided by the creative hand of Mariana Mattos, our adept designer and illustrator. Having been the creative force behind Evolution 6, it only made sense for her to play a crucial role in shaping ReEVOLUTIØN.

Collaborating with Mariana was more than just a design process; it was a co-creation journey that delved into the core question: What could a Design model, centred around Circular Economy, look like? Could it be an adaptation rooted in a general Design Thinking model, and what nuances might surface?

As we deliberated on the model’s stages, defining the core objectives for each, and finalizing the visual aesthetics, we concurrently delved into crafting the primary strategies for Circular Economy. Models serve as simplified pathways through complex information, and the acronym “ReEVOLUTIØN” was supposed to be more than a label – it encapsulated a meaningful essence. Reflecting on the last handwritten notes during this ideation phase is a testament to the intricate process (see pic. 4).

In our exploration of scientific literature, we sought to identify the principles, strategies, and tools essential for a comprehensive model fostering circular economy innovation. The process involved constant validation and iteration, with real-world testing becoming a pivotal aspect.

Enter the participants of the Design Thinking workshops within the Blue Design Alliance context – their insights, reactions, and engagement proved invaluable. Exposing them to tailored techniques and templates, specifically designed to inspire sustainable and circular initiatives, enriched our model’s content and usability. The dynamic interaction in these workshops provided a real-world context for refining our approach.

Over the span of three years, as we delved deeper into practice and investigation, we curated a collection of 52 practical actions to implement Circular Economy in society. These actions, translated into the Circular Economy Card Game, became a powerful pedagogical tool during workshops. They not only fueled ideation but also sparked meaningful conversations and knowledge exchange.

An integral part of our development process involved engaging with specialists – engineers, innovators, designers, and academics with a shared passion for Sustainability and Circular Economy. These conversations not only validated our model, techniques, tools, and templates but also steered us towards specific industries and companies that could reap the most benefits from a ReEVOLUTION.

This ongoing journey of refinement, validation, and collaboration fuels our commitment at Mindshake to continually innovate and offer effective solutions to contemporary challenges faced by companies, organizations, and society as a whole. We believe in pushing the boundaries of Design Thinking to foster sustainable practices. The ReEVOLUTIØN 6 model and its accompanying card game are a testament to our commitment to innovation and our ongoing mission to navigate circular excellence

Stay tuned for more insights as we navigate the ever-evolving landscape of Circular Economy.

Blue Design Alliance

Uma parceria sustentável

O contexto:

A Blue Design Alliance (BDA) é um consórcio formado por quatro Instituições de Ensino Superior (IES) em Portugal: ESAD, IPVC, IPB e ESB. O projeto, alinhado com as prioridades da Horizon Europe (2021-2027), Programa de Recuperação e Resiliência e Agenda 2030 da ONU, concentra-se no cluster da água e dos oceanos.

A BDA visa atender ao desafio da ONU para a utilização eficiente e sustentável da água e do mar, procurando contribuir para a sensibilização, alfabetização e mobilização em torno do tema do mar (ONU-Água 2030). Formalizou uma parceria com a UNITAR – Instituto de Formação e Investigação das Nações Unidas – em 2019 para fortalecer seus objetivos.

Inserindo-se na Estratégia Regional para a Especialização Inteligente – Norte 2030 (EREI), a BDA considera as áreas temáticas de Criatividade, Moda e Habitats, Recursos e Economia do Mar. Este projeto está também alinhado com a Estratégia Nacional para o Mar 2021-2030 (ENM), visando aumentar a educação, formação e alfabetização oceânica.

A BDA destaca a importância do design como ferramenta inovadora, respondendo ao desafio da União Europeia através da New European Bauhaus. Acredita-se que o design, junto com processos como co-design e design participativo, desempenhe um papel crucial no desenvolvimento de uma vida sustentável, melhorando a qualidade de vida e impulsionando projetos experimentais e de investigação. O consórcio visa implementar e transferir ideias e produtos inovadores e boas práticas para promover a sustentabilidade.

Design Thinking como Pedra Angular: Nos programas de formação – Cursos de Pós-graduação e Cursos de Curta Duração (incluindo micro-credenciais) – o Design Thinking emerge como uma método essencial. Este enfoque tem uma tripla função: (1) consolidar processos de resolução de problemas, (2) servir como ferramenta dinâmica e participativa na conceção de currículos, e (3) atuar como instrumento no desenvolvimento de ecossistemas educacionais.

Ecossistemas de Aprendizagem Inovadores: O Design Thinking oferece a oportunidade única de criar ambientes de aprendizagem onde convergem a inovação inspirada pela ciência, empresas, profissionais e utilizadores. O redesenho de processos educativos e a construção de currículos que respondem às transformações sociais e tecnológicas são potenciados pela abordagem humanística, interdisciplinar, colaborativa e experimental do Design Thinking.

O Papel da Mindshake:

No âmbito das Pós-Graduações e Cursos de Curta Duração, a Mindshake “materializada” na dupla Katja Tschimmel e Joana Alves dos Santos, leccionou a disciplina de Design Thinking, Criatividade e Inovação em várias instituições parceiras. Foram já realizadas duas edições na Universidade Católica, Escola Superior de Biotecnologia, no âmbito da Pós-Graduação de Inovação Alimentar e uma outra edição ocorreu em Chaves, através do Instituto Politécnico de Bragança, destinada aos alunos da Pós-Graduação de Saúde e Bem-estar.

Formando os Formadores: Além disso, a Mindshake conduziu iniciativas para familiarizar os docentes com o método de Design Thinking. Foram realizadas edições específicas para docentes da ESAD e para docentes e outros stakeholders no Instituto Politécnico de Viana do Castelo. Essas ações visam integrar o método de DT de forma mais ampla nas práticas educacionais, permitindo que todo o ecossistema beneficie data abordagem e os restantes docentes das formações BDA possam incluir este conhecimento e práticas nas suas unidades curriculares.

Iniciadas em 2022, as formações continuaram ao longo de 2023, e a expectativa é que persistam até o final do projeto Blue Design Alliance. A Mindshake, através de sua dedicação ao Design Thinking, contribui não apenas para o sucesso individual dos participantes, mas também para o avanço significativo das estratégias de inovação e sustentabilidade na área do BDA.

ReEVOLUTIØN 6: Um modelo de design para a Economia Circular.

Adaptar o Design Thinking aos desafios da Economia Circular envolve a integração dos princípios e técnicas do DT com os objetivos e complexidades da implementação das práticas de Economia Circular para obter um impacto ambiental positivo.

A opção da Mindshake foi recorrer, em todos estes momentos formativos, ao recém criado modelo ReEVOLUTIØN 6. A sustentabilidade da água depende, em boa medida, de sermos capazes de adoptar modelos de economia circular em que, ao contrario da economia linear, se evitam os desperdícios de fim de linha que, mais tarde ou mais cedo, acabam no mar.

Tem sido muito enriquecedor, porque este processo permite-nos também testar e refinar este Modelo e, particularmente, as técnicas e ferramentas usadas.

Em breve um artigo sobre o ReEVOLUTIØN 6!

Inovação Sustentável e Criatividade: Uma Reflexão no IX Encontro Partilhar Leituras

A Mindshake, empresa dedicada à promoção da inovação e criatividade, teve a honra de participar no IX Encontro Partilhar Leituras, realizado no Auditório Municipal de Olhão, em colaboração com a Câmara Municipal de Faro, CM de Olhão e a Universidade do Algarve. A fundadora da Mindshake, Katja Tschimmel, foi convidada para apresentar uma palestra interativa, inserida no tema central do evento: “Inovação e práticas sustentáveis em bibliotecas”.

O encontro, voltado para profissionais de bibliotecas e educadores ligados às bibliotecas escolares, teve como foco a discussão sobre a importância da inovação e práticas sustentáveis no contexto das bibliotecas modernas. Katja Tschimmel teve a oportunidade de apresentar a palestra intitulada “CriAtivaMentes para a Inovação Sustentável”, que explora a relação entre criatividade, inovação e sustentabilidade.

Durante a sua apresentação, Tschimmel destacou a criatividade como um recurso humano valioso, fundamental para o desenvolvimento da civilização, cultura e evolução tecnológica. A palestra explorou os elementos que impulsionam a criação e como é possível favorecer e estimular o pensamento criativo, tanto a nível individual como em grupo. O conceito de Design Thinking para a sustentabilidade foi abordado, enfatizando a importância de identificar e compreender as necessidades e aspirações do público-alvo e do planeta.

A fundadora da Mindshake fez referência aos seus últimos livros, nomeadamente “Creativity and Innovation Affairs” (2022), “CriAtivaMente/TheCreativeMind/CreA(c)tivaMente” (2020) e “The Creativity Virus” (2019), todos resultado de um trabalho colaborativo com diversos autores e editados pela MINDSHAKE PT. Estes livros fornecem uma visão aprofundada sobre a relação entre criatividade, inovação e os desafios contemporâneos, incluindo a sustentabilidade.

O evento contou ainda com outras palestras centradas em temas relevantes para bibliotecas públicas, como makerspaces, literacias digitais, o papel da cultura e humanidades na construção da felicidade, e práticas de sustentabilidade em bibliotecas.

A participação da Mindshake no IX Encontro Partilhar Leituras reforça o compromisso contínuo da empresa em promover a inovação e a criatividade em diversos contextos, contribuindo para o desenvolvimento sustentável e a partilha de boas práticas. Agradecemos à organização do evento pelo convite e à comunidade envolvida por partilhar experiências enriquecedoras.

Para mais informações sobre os temas abordados pela Mindshake, explore os nossos livros e recursos aqui: https://blog.mindshake.pt

World Creativity and Innovation Week 2023!

Desde a sua fundação em 2001, a Semana Mundial da Criatividade e Inovação começa em 15 de abril, aniversário de Leonardo da Vinci, e termina no dia 21. Em 2017, a ONU – Organização das Nações Unidas, reconheceu 21 de abril como a data oficial para celebrar a criatividade e a inovação em todo o mundo, com a resolução 71/284, que afirma que “[…] a criatividade e a inovação humana, tanto a nível individual como coletivo, se tornaram a verdadeira riqueza das nações no século XXI, […]”. O dia 21 faz parte da resolução 70/1 (25/09/2015) com o título Transformando Nosso Mundo: a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, na qual adotou um conjunto abrangente de objetivos universais e transformadores para o Desenvolvimento Sustentável. Dessa forma, a Semana Mundial da Criatividade e Inovação enfatiza a importância de uma nova maneira de pensar para criar uma vida decente para todos em um planeta sustentável.

Na Mindshake, temos muito orgulho em termos participado desde 2015 da celebração internacional da Semana Mundial da Criatividade e Inovação com diversos eventos públicos e com mais do que uma publicação coletiva, juntando-nos ao movimento internacional dedicado à promoção do Pensamento Criativo na evolução das sociedades.

Primeira reunião dos embaixadores europeus da WCIW em janeiro de 2023, onde foram apresentadas à equipa Katja Tschimmel, Margaret Mangion (nova embaixadora de Malta) e Geneviève Morand (Suíça).

No final de 2022, a líder dos embaixadores europeus da WCIW, Dorte Nielsen, convidou a fundadora da Mindshake, Katja Tschimmel, para ser a embaixadora portuguesa, sucedendo à Dra. Ivete Azevedo, que abraçou este papel nos últimos anos através da sua vida criativa e do seu trabalho como diretora do Torrance Center Portugal.

Na Mindshake, estamos felizes e orgulhosos em apoiar Katja no seu novo papel como Embaixadora Portuguesa da WCIW.

O mote para a WCIW 2023 é INSPIRAR e, como temáticas inspiradoras específicas, escolhemos os seguintes ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável).

Criatividade e Inovação para…

  1. … Educação e Investigação Académica
  2. … Negócios
  3. … Sustentabilidade
  4. … Transformação Social
  5. … Transição Digital
  6. … Colaboração
  7. … Cidades

Se estiver interessado em organizar um evento em um desses domínios, entre em contato connosco ou simplesmente registe-se aqui

Esperamos vê-lo em um dos eventos portugueses da WCIW deste ano!

A Mindshake celebra a WICW … com uma Open House no dia 15 de Abril!

Porque a Katja Tschimmel foi escolhida como a Embaixadora Portuguesa para esta iniciativa, na Mindshake redobramos os esforços para que esta semana fosse fantástica!

Assim, no dia 15 de Abril, abrimos a semana celebrando o 571º aniversário do génio criativo, Leonardo da Vinci, com uma programação especial na qual participam muitas outras pessoas e organizações para um dia de portas abertas.

Para aceder a uma moldura para usar na sua fotografia de perfil nas redes sociais ou a um header para a sua página de Facebook ou LinkedIn, clique no botão abaixo para descarregar estes materiais gráficos desenhados pelo Atelier Nunes e Pã e junte-se a nós!