Workshop Storytelling – 5 de Junho

Header STORYTELLING_2018

Quando apresentamos novos produtos ou ideias de negócios e usamos as técnicas do Storytelling, tornamos a mensagem mais acessível, com maior probabilidade de envolver a nossa audiência e de ser apoiado por ela. Uma boa história provoca mudanças químicas importantes no nosso cérebro. A amígdala liberta dopamina, o neurotransmissor nos dá a sensação de prazer e permite que a informação seja processada e memorizada. Segundo o historiador e filósofo Yuval Harari, é a nossa capacidade de imaginar histórias e de acreditar nelas, que nos permite comunicar a uma escala global. No mundo dos negócios, a nossa habilidade de contar histórias permite que muitas ideias de negócio fiquem, durante muito tempo, na mente das pessoas. As histórias contadas por Alexandre o Grande, Steve Jobs ou Elon Musk originaram produtos e conceitos que ainda hoje têm um papel importante nas nossas vidas.

Como foram criadas estas histórias? Porque as pessoas deveriam importar-se com o projeto ou produto que está ser apresentado? Como melhora as suas vidas ou muda o mundo?

Os grandes contadores de histórias focam na sua audiência. Fazem o trabalho de casa: sabem com quem vão falar, e prestam atenção à forma como a audiência reage; quer seja através do que diz, do que a faz rir e da sua linguagem corporal.

Todos nós contamos histórias: sobre o nosso dia, o que fizemos, o que vimos, o que sentimos. Esta é uma capacidade que todas as pessoas têm e que pode ser desenvolvida de forma a ter maior impacto.

As histórias não só dão significado às nossas vidas como humanizam os nossos negócios. Estruturar as nossas histórias e aprender a contá-las melhor,  ajuda-nos a apresentar qualquer informação – ideias de negócio, produtos, serviços – de forma, familiar, eficiente, autêntica e com resultados surpreendentes.

Durante o workshop de Storytelling, os participantes terão a oportunidade de experimentar com e de inspirar o grupo através da criação e partilha das suas próprias histórias. Entenderão melhor como estruturar uma boa história, que tom de voz utilizar nos momentos certos, como usar a linguagem corporal e o silêncio para envolver e surpreender a sua audiência.

FORMADOR

Virgílio Varela

DATA/HORÁRIO

5 de Junho 2018 – 9h00 – 13h00, 14h00 – 18h00

LOCAL

Casa do Ribeirinho, Matosinhos

Programa e inscrições em www.apgei.pt

Workshop STORYTELLING: A importância de uma boa história na apresentação de projetos

Na já longa parceria com a APGEI, a Mindshake desenhou uma nova ação-formação para as empresas, facilitada pela designer e storyteller Mariana Mattos.

ENQUADRAMENTO
O termo Storytelling tem ganho relevância no panorama empresarial. Trata-se de uma poderosa ferramenta na transmissão e assimilação de mensagens, inclusivamente na gestão e administração de organizações. Como? Organizando factos reais, numa narrativa estruturada, trabalhando os elementos e as mensagens que compõem a história.

O principal segredo do Storytelling está em atribuir significados emocionais a elementos técnicos, num determinado contexto. Este contexto emocional ajuda a trabalhar a curiosidade e as expectativas, aumentando o envolvimento da audiência. A promoção da humanização nas organizações, ativando o sentimento de pertença e empatia, fará com que a mensagem seja lembrada, quase instantaneamente pelo público-alvo.

OBJETIVOS
– Sensibilizar para a importância da narrativa na apresentação de projetos;
– Assimilar os fundamentos do Storytelling;
– Conhecer os elementos de uma “história bem contada” (estrutura, ritmo, personagens, …);
– Experimentar na prática alguns dos métodos introduzidos;
– Praticar o processo de criação coletiva;
– Integrar a estrutura narrativa numa apresentação/pitch.

PROGRAMA
Introdução teórica aos conceitos deStorytelling:
 – Estrutura da narrativa: princípio, meio e fim.
– Identificação das personagens: protagonista, antagonista, parceiro mentor, …
– Identificação dos fatores de interesse e ritmo na narrativa.

  1. Método ‘3, 1 (…)’:
    – Exercício prático em grupo para identificar a “moral da história”.
    – Problema – solução – público alvo.
    – Exercício prático em grupo para estruturar a “moral da história”.
  1. Descobrir “a sua história”:
    – Exercício prático em grupo para escrever “a sua história”.
    – Identificar as personagens, o contexto e a ação.
  1. Da história ao pitch:
    – Exercício individual para adaptar a história do grupo a um pitch de 2 minutos.
    – Partilha dos pitches no grupo e receção de feedback.
    – Apresentação individual dos pitches.
DATA E HORÁRIO
28 Novembro 2017  •  09h00 - 13h00

INSCRIÇÕES
Associados 240 Euros
Não Associados 340 Euros
Inscrições on-line em www.apgei.pt ou através do e-mail info@apgei.pt

 

 

MAIS INFORMAÇÕES
APGEI
Rua de Salazares, 842 • 4149-002 Porto
Tel. +351 225 322 068
info@apgei.pt • www.apgei.pt