Launching The Creativity Virus

The collective project The Creativity Virus was born at the Mindshake House on the World Creativity Day (April 21, 2018). Some friends of Mindshake have jointly decided to create a book and an exhibition under the same name, to be inaugurated on Leonardo da Vinci’s 567th anniversary (April 15, 2019), which coincides with the first day of the “World Creativity and Innovation Week 2019” (https://www.wciw.org) that will close on World Creativity Day (April 21, 2019).

The book was coordinated by Katja Tschimmel, and Providencia Design did the Graphic Design for Mindshake, editor of this project.

The Creativity Virus results from the contribution of 60 national and international authors, interpreters of the “Creativity Virus” through a text, drawing, illustration, photograph, object, … It was written in the original language of each author, and then translated into English.

As the title reveals, the goal of The Creativity Virus – the book about and for Creative Thinking, is to infect the creative thinking of the reader through information about creativity, fostering it in mind games or inspiring images.

Between April 15 and 21, 2019, will be exposed all the works made available for an auction: paintings, drawings, photographs, sculptures and textiles.

The inauguration of the exhibition and the launch of the book, will be held at Mindshake House (Rua das Motas, 102, Porto), on Monday, April 15, from 18:00.

The auction will start at 20:00 in the order of interest shown on the exhibits.

Soon, the Book will be available online for ordering for the price of 35 €.

In the launching and exhibition week, the price is 20 €.

____

O projeto coletivo The Creativity Virus nasceu na Mindshake House, no dia mundial da criatividade (21 de Abril 2018). Alguns amigos da Mindshake decidiram, em conjunto, criar um livro e uma exposição sob o mesmo nome, a inaugurar no 567º aniversário de Leonardo da Vinci (15 de abril 2019), que coincide com o primeiro dia da “World Creativity and Innovation Week 2019” (e https://www.wciw.org) que encerrará no dia Mundial da Criatividade (21 de abril de 2019).

O livro foi coordenado por Katja Tschimmel, e a Providência Design desenhou-o para a Mindshake, editora deste projeto.

O The Creativity Virus resulta da contribuição de 60 autores nacionais e internacionais, intérpretes do “Vírus da Criatividade” através de um texto, desenho, ilustração, fotografia, objeto, … Foi escrito na lingua original de cada autor, e depois traduzido para o inglês.

Como o título revela, o objetivo de The Creativity Virus – a book about and for Creative Thinking, é contagiar o pensamento criativo do leitor através de informações sobre a criatividade, fomentando-a em jogos mentais ou imagens inspiradoras.

Entre os dias 15 e 21 de abril 2019, serão expostas todas as obras disponibilizadas para um leilão: pinturas, desenhos, fotografias, esculturas e têxteis.

inauguração da exposição e o lançamento do livro, realizar-se-ão na Mindshake House (Rua das Motas, 102, Porto), na Segunda feira dia 15 de abril, a partir das 18:00h.

leilão iniciar-se-á pelas 20:00h, pela ordem de interesse manifestado sobre as peças expostas.

Em breve, o livro vai estar disponível para encomendar para o preço de 35 €.

No evento de lançamento e durante a exposição, o valor do livro é 20 €.

___

Let yourself be infected by our Creativity Virus!!! 

Print

Encerramento da #wciw2016

No âmbito da World Creativity and Innovation Week (wciw.org/wciw2016), a Mindshake abriu a sua casa ao público entre 15 e 21 de Abril. Programa completo da Semana Internacional da Criatividade e Inovação na Mindshake House

Para fechar as nossas celebrações da Criatividade e da Inovação em grande, decidimos alargar o programa de quinta feira, 21.4. com as seguintes atividades:

Mindshake Game
16h00 – 20h00 (entrada livre)
O jogo demora entre 15 – 30 minutos.

IMG_8388


Service Design Thinking
Formadoras: Katja Tschimmel e Mariana Alpedrinha Valença
14h00 às 18h00.


Depois do workshop Service Design Thinking, todos são convidados para participar no evento

Service Design Drinks
Host: Mariana Alpedrinha Valença
18h00 – 20h00 (entrada livre)


Também podem visitar as Exposições “ConTextilizando a Foz” e  Jewellery meets Illustration em que o resultado final é tão importante como o processo criativo.

“ConTextilizando a Foz” 

(15 – 21. 4. 2016)

Exposição do processo criativo da realização da peça “ConTextilizando a Foz”, um Mapa Têxtil que mostra a localização da Mindshake House numa interpretação criativa.

Autora: Rosario Belda.

Rosário Belda é uma apaixonada por mapas! O espaço que representou na sua obra “ConTextilizando a Foz”, inicia-se no Jardim do Passeio Alegre e sobe até a Praça do Império, tendo a Rua Beneditina e a Rua da Cerca como limite. O grafismo do Evolution 6, modelo de Design Thinking da Mindshake, serviu de inspiração para uma representação de curvas de nível. Rosário dividiu o espaço representado com tecidos tingidos pelos elementos naturais que ela encontrou no Passeio Alegre. As curvas de nível são as ligações bordadas de cada uma destas tramas. Sobre esta tela de oito cores são bordadas as ruas com um topstitching especial. O resultado é um mapa têxtil de 100 x 200 cm onde se reconhecem ruas como a Padre Luis Cabral, a rua de Diogo Botelho ou a Rua das Motas, onde se encontra a Mindshake House.

A tela pode ser vista de duas formas: de longe, olhando para as grandes e sinuosas zonas de cores suaves em que as ruas são percepcionados mais como um padrão, e de perto, para apreciar a textura de cada tecido usado, as manchas de cor que aportam uma grande vivacidade e naturalidade, os diferentes pontos de bordado e as cores dos fios aplicados.

Rosario Belda interpreta mapas de cidades, bairros e espaços naturais, usando fios e telas. Assim, cria peças que ela chama “Mapas têxteis” que se baseiam em parte na realidade geográfica, e em parte na sua imaginação e fantasia.

Ao ter trabalhado mais que 30 anos com crianças, Rosario aprendeu com eles a paixão pelo lúdico e o sensorial. Nos seus trabalhos têxteis há um sentimento de base ecológica e de respeito pelo planeta, por isso reutiliza materiais naturais como linho ou algodão. A observação do pormenor e o conhecimento aprofundado sobre o lugar que representa, mostram o seu grande respeito pelo contexto. Rosário é de A Coruña, mas já viveu em várias outras cidades e países.