The Creativity Virus – a bilingual book about Creative Thinking

booklaunchCreativity is curiosity in action.   Leonardo da Vinci

Creativity is one of our most precious human resources. To it, we owe our civilisation, our culture, and every benefit arts, science or technology offer. Fortunately, creativity is inexhaustible, and creativity creates creativity.
The Creativity Virus is a book about and for Creative Thinking. The purpose is to infect the reader through different kind of texts, images and exercises, to think and act in a more creative way.
In honour of the creative genius Leonardo da Vinci, this book was released on his 567th anniversary, the 15th of April 2019, and initiated with its presentation, the World Creativity and Innovation Week, which finishes on the 21st of April – the World Creativity and Innovation Day (as defined by the United Nations).
The authors of this book come from several cultural and linguistic backgrounds, and for this reason the book is bilingual, every author wrote in her/his own mother tongue and then every contribution was translated to English, being widely understood.
Let yourself be infected by our Creativity Virus!!! Enjoy.

The book can be ordered at info@mindshake.pt.

The price is 42,50 € (incl. IVA) and shipping costs.

In Portugal the postage on 1 book costs 3,28€, to the rest of Europe it is 9,52€, and to the rest of the world 18,78€.

| MINDSHAKE | BOOK LAUNCHING EVENT - THE CREATIVITY VIRUS| MINDSHAKE | BOOK LAUNCHING EVENT - THE CREATIVITY VIRUS| MINDSHAKE | BOOK LAUNCHING EVENT - THE CREATIVITY VIRUS| MINDSHAKE | BOOK LAUNCHING EVENT - THE CREATIVITY VIRUSThe Book Launch took place on the 15th of April 2019 in the Mindshake House, Porto, Portugal.

WORSHOP Creative Confidence

image001

ENQUADRAMENTO

A cultura organizacional é um fator central para o sucesso ou fracasso da promoção da inovação e da criatividade nas empresas. As pessoas são o motor de mudança das organizações. Um ambiente aberto e estimulante na empresa, e pessoas confiantes nas suas capacidades criativas, são condição fundamental para processos criativos fluídos e processos de inovação contínuos.

O conceito da “Confiança Criativa” centra-se na convicção que todas as pessoas tem o potencial e a capacidade de provocar mudanças no mundo em que vivemos. O nosso cérebro foi desenhado para resolver problemas, é algo que nos é natural. Todos temos a capacidade de pensar criativamente, mas alguns desenvolveram mais as suas aptidões criativas do que outros, devido aos seus contextos educacionais e profissionais.

Frequentemente, as habilidades criativas são esquecidas na resolução dos problemas mais convencionais, devido ao excesso de confiança no pensamento racional e analítico. Desta forma, muitos colaboradores perdem o hábito de pensar diferente e divergentemente. Instala-se uma certa insegurança relacionada com as próprias capacidades criativas de cada um. Mas segundo David Kelly (fundador da IDEO), é a fé na nossa própria capacidade criativa que é o coração de toda a inovação. Colaboradores mais confiantes e capazes criativamente criam ambientes positivos e melhores resultados para os seus locais de trabalho. É com base nesta confiança criativa dos colaboradores que as empresas desenvolvem o hábito da inovação contínua e da adaptação rápida às mudanças.

 

OBJETIVOS

– Reconhecer a importância da criatividade na vida profissional;

– Conhecer melhor o seu potencial criativo;

– Aumentar a autoconfiança no potencial criativo inato;

– Ganhar coragem de experimentar coisas novas e de ‘brincar’ com ideias;

– Perder o medo de errar em processos de inovação;

– Ficar motivado para trabalhar mais em equipa;

– Utilizar a escuta e o feedback para ativar a inteligência coletiva do grupo;

– Compreender como problemas e desafios são oportunidades para a inovação;

– Desenhar um plano de ação de criatividade a curto/médio prazo;

– Aprender a olhar para as atividades da empresa de forma diferente e inovadora.

 

PROGRAMA

O que é a Criatividade? O que é a Confiança Criativa?

Mitos sobre a criatividade, exemplos inspiradores, jogos para a confiança criativa.

Aplicação de duas técnicas de pensamento criativo: “Brainwriting” e “Insight Clustering”.

 A importância do erro.

O medo de errar (Freeze, Fight ou Flight), o poder da vulnerabilidade no processo criativo.

O jogo como ferramenta de conexão.

Aplicação de uma técnica de pensamento criativo: “Relações Forçadas”. 

Comunicação carismática.

Aplicação das técnicas de pensamento criativo “Storytelling” e “Storyboarding”.

O meu EuGénio criativo.  

Aplicação da técnica de pensamento criativo “Mapa Mental”.

Plano de ação: a criatividade aplicada no universo pessoal e profissional.

 

DATA E HORÁRIO

6 Novembro 2018 • 09h00 – 13h00 | 14h00 – 18h00

Mais info e inscrições em www.apgei.pt ou através do e-mail info@apgei.pt

Hands-on Thinking for Teams

Hands_ON_Thinking_header

Hands-on Thinking for Teams

Data: 3 de Outubro 2018, 9h00 – 18h00

Lugar: Hotel Porto Palácio

Concepção metodológica e Facilitação do Processo

Katja Tschimmel

Enquadramento

Em processos de inovação, a produção e partilha de ideias e de novo conhecimento é central. No desenvolvimento das boas ideias em equipa, é importante tornar conceitos abstratos em algo tangível. Com o workshop “Hands-on Thinking for Teams” pretende-se demonstrar a importância do pensamento “com as mãos” em ambiente empresarial e incentivar a sua aplicação no dia a dia. A criação de algo material em 3 dimensões é um apoio fundamental no desenvolvimento de ideias e conhecimento, e da sua partilha com pares. Neste workshop serão introduzidos e experimentados 2 métodos cuja utilidade é internacionalmente reconhecida: Manual Thinking® e Lego® Serious Play®.

Objetivos

  • Compreender as vantagens do Pensamento Manual e da Prototipagem 3D;
  • Conhecer e experimentar dois métodos do Hands-on Thinking;
  • Praticar o processo de criação em equipa;
  • Instalar atitudes que favoreçam um mindset criativo no trabalho;
  • Idear com as mãos.

Mais informações e inscrição em apgei.pt

WORSHOP CREATIVE CONFIDENCE (3ª ED.) – 10 DE ABRIL 2018

 

headerCC

ENQUADRAMENTO

A cultura organizacional é um fator central para o sucesso ou fracasso da promoção da inovação e da criatividade nas empresas. As pessoas são o motor de mudança das organizações. Um ambiente aberto e estimulante na empresa, e pessoas confiantes nas suas capacidades criativas, são condição fundamental para processos criativos fluídos e processos de inovação contínuos.

O conceito da “Confiança Criativa” centra-se na convicção que todas as pessoas tem o potencial e a capacidade de provocar mudanças no mundo em que vivemos. O nosso cérebro foi desenhado para resolver problemas, é algo que nos é natural. Todos temos a capacidade de pensar criativamente, mas alguns desenvolveram mais as suas aptidões criativas do que outros, devido aos seus contextos educacionais e profissionais.

Frequentemente, as habilidades criativas são esquecidas na resolução dos problemas mais convencionais, devido ao excesso de confiança no pensamento racional e analítico. Desta forma, muitos colaboradores perdem o hábito de pensar diferente e divergentemente. Instala-se uma certa insegurança relacionada com as próprias capacidades criativas de cada um. Mas segundo David Kelly (fundador da IDEO), é a fé na nossa própria capacidade criativa que é o coração de toda a inovação. Colaboradores mais confiantes e capazes criativamente criam ambientes positivos e melhores resultados para os seus locais de trabalho. É com base nesta confiança criativa dos colaboradores que as empresas desenvolvem o hábito da inovação contínua e da adaptação rápida às mudanças.

PROGRAMA

O que é a Criatividade? O que é a Confiança Criativa?

Mitos sobre a criatividade, exemplos inspiradores, jogos para a confiança criativa.

Aplicação de duas técnicas de pensamento criativo: “Brainwriting” e “Insight Clustering”.

A importância do erro.

O medo de errar (Freeze, Fight ou Flight), o poder da vulnerabilidade no processo criativo.

O jogo como ferramenta de conexão.

Aplicação de uma técnica de pensamento criativo: “Relações Forçadas”.

Comunicação carismática.

Aplicação das técnicas de pensamento criativo “Storytelling” e “Storyboarding”.

O meu EuGénio criativo. 

Aplicação da técnica de pensamento criativo “Mapa Mental”.

Plano de ação: a criatividade aplicada no universo pessoal e profissional.

FORMADORES

Katja Tschimmel e Virgílio Varela

DESTINATÁRIOS

Quadros Superiores de todas as áreas de conhecimento, que pretendam diferenciar-se através de um mindset potenciador à inovação: diretores de departamentos de inovação, gestores de projeto, marketeers, engenheiros, etc.

METODOLOGIA

Nas atividades desta formação utilizar-se-á uma metodologia pedagógica participativa, “learning by doing”, para facilitar a aquisição do conhecimento e a geração de novas ideias em grupo. Os exercícios práticos e as técnicas aplicadas provêm das áreas metodológicas da Criatividade, do Creative Problem Solving, dos Princípios do Jogo, do Teatro de Improvisação, do Dragon Dreaming e do Design Thinking.

Através de um olhar apreciativo e uma postura positiva, pretende-se tornar visível, que a criatividade já existe em cada um, aumentando desta maneira a zona de conforto e a confiança criativa de todos os participantes.

DATA E HORÁRIO

10 de Abril de 2018  •  09h00 – 13h00 | 14h00 – 18h00

Inscrições on-line em www.apgei.pt ou através do e-mail info@apgei.pt

 

MINDSHAKE nas Jornadas Técnicas da Cerâmica 2017 – 29 e 30 de novembro 2017

Nesta edição das Jornadas, pretende-se trazer a debate temáticas determinantes para o futuro do Setor Cerâmico, tais como o impacto dos consumos energéticos, o desenvolvimento sustentável, os desafios da Inovação e da Internacionalização, o avanço tecnológico ao nível dos novos materiais e processos, bem como e o posicionamento do País e da Europa nos fatores determinantes para a competitividade do Setor.

Com um painel de especialistas convidados, disponíveis para partilhar o seu conhecimento, entende-se ser um momento distinto para a partilha de conhecimento, discussão de ideias e procura de soluções que conduzam ao crescimento sustentado do setor.

No dia 29 o evento contará com 4 painéis onde serão discutidas temáticas controversas e atuais para o Setor. Os quatro painéis, Energia, Ambiente, Inovação e Internacionalização, contarão com diferentes pontos de vista, nomeadamente políticos, públicos e de empresas e serão conduzidos por moderadores que trarão à discussão a multiplicidade de opiniões.

 

A Mindshake vai estar respresentada no dia 29:

Captura de ecrã 2017-11-14, às 17.18.19

 

 

 

 

No dia 30 serão apresentados os avanços tecnológicos do setor, contando com a presença de Universidades, entidades do SCTN, Empresas e Especialistas do Setor.

Mais informação:
http://jornadas2017.ctcv.pt/index.html

CONTACTOS:

CTCV Centro Tecnológico da  Cerâmica e do  Vidro

Rua Coronel Veiga Simão 3025-307 COIMBRA
T. 239 499 200

Sílvia Ferraz
jornadas2017@ctcv.pt

 

Workshop STORYTELLING: A importância de uma boa história na apresentação de projetos

Na já longa parceria com a APGEI, a Mindshake desenhou uma nova ação-formação para as empresas, facilitada pela designer e storyteller Mariana Mattos.

ENQUADRAMENTO
O termo Storytelling tem ganho relevância no panorama empresarial. Trata-se de uma poderosa ferramenta na transmissão e assimilação de mensagens, inclusivamente na gestão e administração de organizações. Como? Organizando factos reais, numa narrativa estruturada, trabalhando os elementos e as mensagens que compõem a história.

O principal segredo do Storytelling está em atribuir significados emocionais a elementos técnicos, num determinado contexto. Este contexto emocional ajuda a trabalhar a curiosidade e as expectativas, aumentando o envolvimento da audiência. A promoção da humanização nas organizações, ativando o sentimento de pertença e empatia, fará com que a mensagem seja lembrada, quase instantaneamente pelo público-alvo.

OBJETIVOS
– Sensibilizar para a importância da narrativa na apresentação de projetos;
– Assimilar os fundamentos do Storytelling;
– Conhecer os elementos de uma “história bem contada” (estrutura, ritmo, personagens, …);
– Experimentar na prática alguns dos métodos introduzidos;
– Praticar o processo de criação coletiva;
– Integrar a estrutura narrativa numa apresentação/pitch.

PROGRAMA
Introdução teórica aos conceitos deStorytelling:
 – Estrutura da narrativa: princípio, meio e fim.
– Identificação das personagens: protagonista, antagonista, parceiro mentor, …
– Identificação dos fatores de interesse e ritmo na narrativa.

  1. Método ‘3, 1 (…)’:
    – Exercício prático em grupo para identificar a “moral da história”.
    – Problema – solução – público alvo.
    – Exercício prático em grupo para estruturar a “moral da história”.
  1. Descobrir “a sua história”:
    – Exercício prático em grupo para escrever “a sua história”.
    – Identificar as personagens, o contexto e a ação.
  1. Da história ao pitch:
    – Exercício individual para adaptar a história do grupo a um pitch de 2 minutos.
    – Partilha dos pitches no grupo e receção de feedback.
    – Apresentação individual dos pitches.
DATA E HORÁRIO
28 Novembro 2017  •  09h00 - 13h00

INSCRIÇÕES
Associados 240 Euros
Não Associados 340 Euros
Inscrições on-line em www.apgei.pt ou através do e-mail info@apgei.pt

 

 

MAIS INFORMAÇÕES
APGEI
Rua de Salazares, 842 • 4149-002 Porto
Tel. +351 225 322 068
info@apgei.pt • www.apgei.pt

PENSAR LUCIDA E LUDICAMENTE com Angélica Sátiro

Nos dias 31/03 e 01/04 se realiza o workshop PENSAR LUCIDA E LUDICAMENTE na Mindshake House. Este workshop, moderado por Angélica Sátiro, é dividido em duas sessões.

***

31/03 6ª feira das 16h00 às 20h00

Filosofia Lúdica e Pensamento Multidimensional
Enquadramento
Filosofia Lúdica é um movimento internacional, que favorece o maravilhamento e o prazer de pensar melhor por si mesmo. O que se pretende é estimular o desenvolvimento autónomo da capacidade de pensar simultaneamente de forma crítica, criativa e ética (pensamento multidimensional).

Objetivos

  • Praticar a capacidade de pensar de forma multidimensional com a utilização de variadas ferramentas metodológicas.
  • Conhecer e utilizar distintos tipos de recursos narrativos, artísticos e lúdicos que estimulam a capacidade de pensar melhor de maneira crítica, criativa e ética (cuidadosa).
  • Experimentar os conceitos de inteligência coletiva e cérebro social nas práticas de comunidade de diálogo criativo.
  • Conhecer as ideias centrais que fundamentam esta linha de trabalho.
  • Conhecer materiais e práticas desta linha de trabalho em diferentes países.

***

01/04 sábado das 16h00 às 20h00

Inteligência Múltipla e Habilidades do Pensamento Criativo
Enquadramento
A Filosofia Lúdica propõe o desenvolvimento da capacidade de pensar, estimulando as diferentes habilidades de pensamento de 5 grandes grupos: percepção, investigação, conceptualização, raciocínio, tradução e formulação. Esta matriz é conectada à proposta das Inteligências Múltiplas de Howard Gardner. O workshop favorece uma dinâmica que estimula as habilidades de pensamento de forma integrada e holística. Ou seja, trabalha a partir do corpo, seu movimento, sua capacidade de perceber, sentir, agir e interagir com os demais, consigo mesmos e com seu entorno.

Objetivos

  • Conectar a teoria das 9 inteligências de Gardner com a proposta de “brincar de pensar” da filosofia lúdica.
  • Conhecer e reconhecer as próprias habilidades de pensamento durante seu exercício nas práticas lúdicas.
  • Refletir sobre a educação do pensamento multidimensional e das inteligências múltiplas, entendendo o papel da sua estimulação.
  • Desfrutar de brincar de pensar.

Destinatários
O workshop PENSAR LUCIDA E LUDICAMENTE destina-se a Educadores e Profissionais de outras áreas de conhecimento, que pretendam (re)conhecer as suas inteligências e sua própria capacidade de pensar melhor de forma crítica, criativa e ética, além de aprender diferentes técnicas para aplicar na estimulação do pensamento dos demais.

Formadora
Angélica Sátiro tem um PhD em Pedagogia Criativa pela Universidade de Barcelona, é mestre em Criatividade Aplicada pela Universidade de Santiago de Compostela, é pós-graduada em Filosofia em diferentes cursos em Espanha, Brasil e Estados Unidos. Trabalha na linha da Filosofia Lúdica desde os anos 1980 com diferentes coletivos e instituições de variados países europeus, latino americanos e africanos. É escritora com centenas de publicações (livros, artigos, entrevistas, etc.) em diversas línguas. Dirige a consultoria Casa Creativa e a Associação Crearmundos.
www.lacasacreativa.net
www.crearmundos.net
www.angelicasatiro.net
www.octaedro.com/noria

Datas e Horários
31 de março + 01 de abril de 2017
das 16h00 às 20h00

Inscrições  clique aqui!
Investimento: 150 euros
Incluí:
4h + 4h de contato, materiais, certificado de participação e coffee break

O workshop acontece com um grupo mínimo de 8 participantes e o nº máximo de 12 participantes.

Pagamento por Transferência Bancária
IBAN : PT50 0033 0000 4539 5548 1750 5  (NaMente unipessoal Lda)
*incluir nome do participante e do evento
A inscrição no curso só será considerada válida após boa cobrança.
Inscrições  clique aqui!

Local
Mindshake House, Rua das Motas nº 102 (casa azul) 4150-521-Porto, Portugal

CHÁ FILOSÓFICO na Mindshake House

“Chá Filosófico” com Angélica Sátiro*

No domingo 27.11.2016 pelas 17 h a Mindshake vai promover um  diálogo sobre “Criatividade e Ética”.
A  entrada é LIVRE mas limitada a 14 pessoas. Por favor inscreva-se pelo e-mail: info@mindshake.pt

É possível desenvolver um ethos (modo de ser) criativo?
Fazer da própria vida uma obra de arte é uma maneira de desenvolver este ethos criativo?
A nossa ação social pode ser criativa?
O que seria uma cidadania criativa?
Como utilizamos a capacidade criativa como motor de desenvolvimento social?
É possível desenvolver a nossa capacidade de pensar crítica, criativa e ética em simultâneo?
É importante questionar eticamente os usos da capacidade criativa humana? Porquê?
Estas e outras perguntas podem ser estímulos para o Chá filosófico com Angélica Sátiro, autora de Filosofia Mínima e Nietzsche, excessivamente humano – teatro filosófico sobre a criatividade.

*Angélica Sátiro
Apaixonada por Filosofia,  é Escritora, Pedagoga e Filósofa praticante.  Doutorada em Filosofia pela Universidade de Barcelona e Mestre em Criatividade Aplicada pela Universidade de Santiago de Compostela é Investigadora no campo da relação Ética/Criatividade. Dirige a Casa Criativa em Barcelona e a Associação Crearmundos .
Para saber mais: angelicasatiro.net.

Workshop Creative Confidence – Encontre O Seu EuGénio Criativo | Porto, 9 de Novembro

ENQUADRAMENTO
A cultura organizacional é um fator central para o sucesso ou fracasso da promoção da inovação e da criatividade nas empresas. As pessoas são o motor de mudança das organizações. Um ambiente aberto e estimulante na empresa, e pessoas confiantes nas suas capacidades criativas, são condição fundamental para processos criativos fluídos e processos de inovação contínuos.

O conceito da ‘Confiança Criativa’ centra-se na convicção que todas as pessoas têm o potencial e a capacidade de provocar mudanças no mundo em que vivemos. O nosso cérebro foi desenhado para resolver problemas, é algo que nos é natural. Todos temos a capacidade de pensar criativamente, mas alguns desenvolveram mais as suas aptidões criativas do que outros, devido aos seus contextos educacionais e profissionais.

Frequentemente, as habilidades criativas são esquecidas na resolução dos problemas mais convencionais, devido ao excesso de confiança no pensamento racional e analítico. Desta forma, muitos colaboradores perdem o hábito de pensar diferente e divergentemente. Instala-se uma certa insegurança relacionada com as próprias capacidades criativas de cada um. Mas segundo David Kelly (fundador da IDEO), é a fé na nossa própria capacidade criativa que é o coração de toda a inovação. É com base nesta confiança criativa dos colaboradores que as empresas desenvolvem o hábito da inovação contínua e da adaptação rápida às mudanças.

OBJETIVOS
– Reconhecer a importância da criatividade na vida profissional;
– Conhecer melhor o nosso potencial criativo através de um diagnóstico de criatividade;
– Aumentar a autoconfiança no potencial criativo inato;
– Ganhar coragem de experimentar coisas novas e de ‘brincar’ com ideias;
– Perder o medo de errar em processos de inovação;
– Ficar motivado para trabalhar mais em equipa;
– Utilizar a escuta e o feedback para ativar a inteligência coletiva do grupo;
– Compreender como problemas e desafios são oportunidades para a inovação;
– Desenhar um plano de ação de criatividade a curto/médio prazo;
– Aprender a olhar para as atividades da empresa de forma diferente e inovadora.

PROGRAMA
O que é a Criatividade? O que é a Confiança Criativa?

Mitos sobre a criatividade, exemplos inspiradores, jogos para a confiança criativa.

Aplicação de duas técnicas de pensamento criativo: “Brainwriting” e “Insight Clustering”.

A importância do erro.
O medo de errar (Freeze, Fight ou Flight), o poder da vulnerabilidade no processo criativo.
O jogo como ferramenta de conexão.
Aplicação de uma técnica de pensamento criativo: “Relações Forçadas”.

Comunicação carismática.
Aplicação das técnicas de pensamento criativo “Storytelling” e “Storyboarding”.

O meu EuGénio criativo.
Aplicação da técnica de pensamento criativo “Mapa Mental”.
Plano de ação: a criatividade aplicada no universo pessoal e profissional.

Não sabendo que era impossível, foi lá e fez! Jean Cocteau

 

METODOLOGIA
Nas atividades desta formação utilizar-se-á uma metodologia pedagógica participativa, “learning by doing”, para facilitar a aquisição do conhecimento e a geração de novas ideias em grupo. Os exercícios práticos e as técnicas aplicadas provêm das áreas metodológicas da Criatividade, do Inquérito Apreciativo, do Creative Problem Solving, dos Princípios do Jogo, do Teatro de Improvisação, do Dragon Dreaming e do Design Thinking.

Através de um olhar apreciativo e uma postura positiva, pretende-se tornar visível, que a criatividade já existe em cada um, aumentando desta maneira a zona de conforto e a confiança criativa de todos os participantes.

DESTINATÁRIOS
Quadros Superiores de todas as áreas de conhecimento, que pretendam diferenciar-se através de um mindset potenciador à inovação: diretores de departamentos de inovação, gestores de projeto, marketeers, engenheiros, etc.

FORMADORES
Katja Tschimmel 
Trabalha em dois universos, o empresarial (MINDSHAKE – Consultoria e Formação em Criatividade) e o académico (Porto Business School, ESAD Matosinhos e Laurea University). Licenciada e doutorada em Design e com um Mestrado em Criatividade Aplicada, investiga as áreas de Pensamento Criativo, Design Thinking, Processos Criativos e Inovação há mais de que 15 anos. Apresenta o seu trabalho em conferências nacionais e internacionais, tendo sido keynote speaker em numerosos eventos. É autora do livro Processos Criativos (2011) e do Modelo de Design Thinking Evolution 62, licenciado em Creative Commons (2015). Como formadora tem uma vasta experiência na conceção e realização de cursos e workshops relacionados com a Criatividade e a Inovação, Processos Criativos nas Organizações, Técnicas do Pensamento Criativo e (Service) Design Thinking. Acredita que a consciencialização dos fatores que incentivam a criatividade contribui para uma maior eficácia nos processos de inovação das empresas.

Virgílio Varela
É consultor e formador certificado com uma vasta experiência de trabalho em diversas metodologias criativas e sistemas de capacitação de grupos e organizações em países como Portugal, Espanha, Brasil, Alemanha, Reino Unido.  No trabalho que desenvolve, integra a intuição, a criatividade, a sustentabilidade e o pensamento crítico, através de ferramentas transformadoras como o Dragon Dreaming, ABCD, System Thinking, Design Thinking, Open SpaceTechnology e Theory U. Tem um Mestrado em Educação pela King’s College-University of London e leciona cursos intensivos de  Empreendedorismo Social no Instituto de Empreendedorismo Social – Social Business School. É orador em vários eventos e conferências em tópicos como Inovação Social, Inovação Comunitária, Empreendedorismo Social.  Atualmente é co-fundador do Possibilities Institute e colabora como co-autor em alguns projetos de formação com a MINDSHAKE.

DATA E HORÁRIO 
9 Novembro 2016 • 09h00 – 13h00 | 14h00 – 18h00

LOCAL 
Porto Palácio Congress Hotel & SPA
Avenida da Boavista, 1269 | 4100-130 Porto
GPS: N 41º 9´34.16″, W 8º 38´21.84″

INSCRIÇÕES
Associados
470 Euros
Não Associados 590 Euros
Inscrições on-line em www.apgei.pt ou através do e-mail info@apgei.pt

Os valores mencionados estão isentos de IVA.
Estes preços incluem: café, documentação e almoço.
A inscrição só será válida após boa cobrança.
O número de inscrições é limitado.

PAGAMENTOS E CANCELAMENTOS 
Por cheque: à ordem da APGEI.

Por transferência bancária para o NIB: 0010 0000 15380860004 91 (Banco BPI)

Qualquer desistência deverá ser comunicada por carta ou e-mail para a APGEI, até 2 dias úteis antes da realização do Workshop, após o que não haverá lugar a reembolso.

INFORMAÇÕES
APGEI Rua de Salazares, 842 • 4149-002 Porto
Tel. +351 225 322 068 • info@apgei.ptwww.apgei.pt